Notícias

Informe-se com notícias recentes da Sociedade Espanhola de Bagé.

12 de Outubro - Dia da Hispanidade

12 de Outubro – Dia da Hispanidade

O Dia da Hispanidad é comemorado na Espanha em 12 de Outubro, assinalando o Descobrimento da América pelo navegador Cristóvão Colombo, comandante da frota espanhola. É uma importante data, marcada por demonstrações de identidade que evidenciam tradições, costumes e o orgulho de pertencimento.

Em Bagé, a Sociedade Espanhola , que é a mais antiga do Brasil,  costuma  assinalar  esse  dia   reunindo em sua sede social  os associados e suas famílias, amigos e convidados que  comemoram a data, além de integrar e  fortalecer a presença dos espanhóis em Bagé. Essas festividades acontecem em sua sede, no antigo Teatro da Sociedade Espanhola inaugurado em 1934  na  Monsenhor Costábile Hipólito.

A Sociedade Espanhola de Bagé  também possui um majestoso prédio na Avenida Sete, chamado Solar da Sociedade Espanhola, onde no Livro de Atas da Sociedade Espanhola, no mês de agosto de 1902, em reunião na casa de Emilio Guilayn, presidida por Domingos Abascal e Antonio Valls, a Comissão de Obras se manifesta dizendo que desde que surgiu a idéia da construção, há muitos anos, foi  de que o Solar deveria ser um edifício sólido e elegante, uma obra não somente para o presente e sim para o futuro. A obra iniciou em 1905 e sua conclusão foi em 1929. Inicialmente abrigou o Clube Comercial e a partir de 1937, o futuro do Solar  foi abrigar o Conservatório de Música, dirigido por Rita Jobim Vasconcellos, sendo  mais tarde denominado  Instituto Municipal de Belas Artes, o IMBA. 

Pois no Solar dos Espanhóis, um dos imóveis  mais representativos  do valioso  patrimônio  arquitetônico de nossa cidade,  em sua fachada, na  parte superior , tem um enorme globo terrestre . Desde  sua inauguração, em cima desse globo havia uma  linda caravela  que simbolizava  as grandes navegações e a chegada de Cristóvão Colombo na América, em 12 de outubro. A caravela foi enviada pelo governo da Espanha e há muitos anos pode  ser vista apenas  em  fotografias e documentos antigos.

Por ocasião da construção do edifício da Família Obino ao lado do Solar, a caravela foi cuidadosamente retirada pela construtora para que não fosse danificada e entregue, na ocasião, à administração do IMBA. Neiva Petri Martinez, na época professora no IMBA e Diretora de Patrimônio da Sociedade Espanhola , lembra da entrega da caravela pelos administradores  da obra da Família Obino. 

Depois de certo  tempo o edifício ficou pronto e a caravela então, deveria  retornar ao  seu lugar .

 Mas, como?

 Lamentavelmente, a caravela havia sumido.

Deve estar velejando nas planícies do pampa....

Fotos - acervo Museu Dom Diogo de Souza e Sociedade Espanhola de Bagé

Galeria de imagens